• GDA NEGÓCIOS

Receita Federal regulamenta Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte


Pronampe beneficiará cerca de 4,5 milhões de pequenos negócios frente à crise causada pela Covid-19.

A Receita Federal iniciará envio de comunicado às Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), com a informação do valor da receita bruta, com base nas declarações desses contribuintes ao fisco, para viabilizar a análise à linha de crédito do Pronampe, junto às instituições financeiras.

Nesta primeira etapa, receberão o comunicado, a partir de 9 de junho, via Domicílio Tributário Eletrônico do Simples Nacional (DTE-SN) as ME e EPP optantes pelo Simples Nacional.

Numa segunda etapa, que terá início, a partir do dia 11 de junho, o comunicado será enviado via Caixa postal localizada no e-CAC às ME e EPP não incluídas no Simples Nacional.


Terão direito ao programa as empresas com data de abertura até 31/dezembro/2019. Somente receberão os comunicados as ME e as EPP que declararam, respectivamente, suas receitas nas respectivas declarações da tabela acima (Origem das informações enviadas pela RFB).

Caso exista divergência na informação da receita bruta ou não tenha ocorrido a entrega da respectiva declaração, a retificação ou inclusão da informação de receita bruta deverá ser realizada por meio da respectiva declaração.

O detalhamento da medida está na Portaria RFB nº 978 de 8 de junho de 2020, publicada no Diário Oficial da União de hoje (09/06).

O Pronampe, que poderá ser acessado por um total de aproximadamente 4,58 milhões de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (cerca de 3.8 milhões do Simples e cerca de 78o mil de fora do Simples), prevê como regra geral, que a linha de crédito corresponderá a no máximo 30% (trinta por cento) da receita bruta anual, calculada com base no exercício de 2019.

No caso das empresas que tenham menos de 1 (um) ano de atividade, a linha de crédito concedida corresponderá ao maior valor apurado, desde o início das suas atividades, entre:

· 50% (cinquenta por cento) do seu capital social; ou · 30% (trinta por cento) da média de seu faturamento mensal.

Os recursos recebidos no âmbito do Pronampe servirão ao financiamento da atividade empresarial nas suas diversas dimensões e poderão ser utilizados para investimentos e para capital de giro, vedada a sua destinação para distribuição de lucros e dividendos entre os sócios.

A medida não será aplicada às Microempresas, Empresas de Pequeno Porte que iniciaram as suas atividades em 2020, conforme estabeleceu a Lei nº 13.999, de 18 de maio de 2020, que instituiu o programa.

A Receita Federal está trabalhando para facilitar a adesão das Micro e Pequenas Empresas ao Pronampe, tornando mais fácil para as empresas interessadas comprovarem a sua receita declarada, entretanto, a concessão depende da instituição financeira participante do programa.



Fonte: Receita Federal


Temos as soluções que sua empresa precisa e oferecemos profissionalismo e eficiência. Faça contato, será um prazer atendê-lo!

GDA Negócios

Assessoria contábil, fiscal, jurídica e administrativa.Transparência e ética para atender de forma eficiente cada cliente. ☎(31)3771-0367(31)3176-0072

13 visualizações
CONTATO

Rua Pedra Grande 1655, B. Sto. Antônio

Sete Lagoas / MG - 35701-236

​​

Telefones:  (31) 3775 2616

                   (31) 3176 0072

Whatsapp: (31) 9 8835-7942

 

contato@gdanegocios.com.br

Tags: contabilidade, escritório contabilidade sete lagoas, escritório de contabilidade em sete lagoas, contabilidade sete lagoas, escritório sete lagoas, registrar empresa sete lagoas, abrir empresa sete lagoas, fazer declaração ir sete lagoas, regularizar empresa sete lagoas, contador sete lagoas, contrato sete lagoas, itr sete lagoas, escrita sete lagoas.