• GDA NEGÓCIOS

3 estratégias de controle financeiro

Venha descobrir neste post como é possível manter o controle financeiro e alcançar seus objetivos!


Sabemos que o controle financeiro pessoal é um dos fatores mais básicos para administrar o seu dinheiro e conseguir comprar tudo o que desejar com planejamento.

Com um controle financeiro adequado, além de saber exatamente qual a situação das suas finanças, você pode economizar mais, criar uma reserva de emergência, investir, multiplicar seus investimentos, e ainda ter mais segurança quanto o seu patrimônio.

Afinal de contas, a prioridade no controle financeiro é justamente para melhorar a qualidade de vida, o bem-estar e a segurança.

Além disso, o controle financeiro é mais essencial ainda para as empresas. Sem o controle financeiro, não é possível criar novas estratégias e nem se desenvolver de maneira sustentável no mercado.

E por ser um fator fundamental e que muitas pessoas tem dificuldades por conta de dívidas e problemas financeiras, nós organizamos este post com algumas dicas para te ajudar a ter mais controle financeiro e alcançar todos os seus objetivos! Quer saber mais sobre tudo isso? Então continue nos acompanhando!

1. Liste todos os seus gastos

O primeiro passo para que você consiga ter um bom controle financeiro é listando e registrando todos os seus gastos, assim como todos os valores que você recebe.

Você pode estar pensando: “como vou registrar todos os meus gastos, como até a compra de uma garrafa de água que comprei em uma esquina?”

Na realidade, quanto mais detalhada for essa lista, mais você vai conseguir observar o quanto está gastando de verdade, pois o principal causador de dívidas e gastos são as compras de menor valor!

Por isso, o registro dos recebimentos e gastos é fundamental. Por exemplo, esse processo é chamado fluxo de caixa, onde as entradas e saídas são registradas, proporcionando a empresa saber em qual situação ela se encontra, e assim, permitindo que a mesma faça estratégias mais planejadas.

2. Defina quais as prioridades

Agora que você já tem registrado todas as suas despesas, assim como os seus recebimentos, é o momento de analisar quais as principais prioridades e que não podem deixar de serem gastas no mês.

É claro, cada prioridade depende dos objetivos e também do perfil de cada pessoa, porém, as economias devem sempre ser definidas por meio dessas prioridades.

Realizando uma lista dos gastos mais emergentes, você consegue ter mais economia e não gastar em situações supérfluas.

3. Tenha uma reserva de emergência

Basicamente, a reserva de emergência, como o próprio nome já diz, é uma quantia armazenada utilizada apenas em situações de emergências.

Poupar uma quantia de dinheiro é mais que fundamental para que você tenha mais segurança, comodidade e tranquilidade.

Afinal, estaremos mentindo se falássemos que as situações de imprevistos nunca acontecem.

E por isso, com a reserva de emergência, você estará sempre preparado para enfrentar os problemas sem se endividar ou precisar de empréstimos, o que pode resultar em mais um prejuízo a longo prazo.


Fonte: Contabeis

Temos as soluções que sua empresa precisa e oferecemos profissionalismo e eficiência. Faça contato, será um prazer atendê-lo!

GDA Negócios

Assessoria contábil, fiscal, jurídica e administrativa.Transparência e ética para atender de forma eficiente cada cliente. ☎(31)3771-0367(31)3176-0072

#contabilidade#responsabilidade#família#desenvolvimento#empreendedorismo#inteligencia#setelagoas

1 visualização0 comentário